Parlendas do Brasil


Parlendas
Arrumação de palavras sem acompanhamento de melodia, mas às vezes rimada, obedecendo a um ritmo que a própria metrificação lhe empresta. A finalidade é entreter a criança, ensinando-lhe algo. No interior, aí pela noitinha, naquela hora conhecida como “boca da noite”, as mulheres costumam brincar com seus filhos ensinando-lhes parlendas, brinquedos e trava-línguas. Uma das mais comuns é a elas ensinam aos filhos apontando-lhes os dedinhos da mão – Minguinho, seu vizinho, pai de todos, fura bolo e mata piolho.


APP Mundo da Diversão.
Brincadeiras fora de casa diretamente no Smartphone. QR Code:

qr code
Ou clique AQUI!
Baixe na Google Play Store.
  • Parlendas

    O Macaco foi à feira 
    Não sabia o que comprar
    Comprou uma cadeira
    Pra comadre se sentar
    A comadre se sentou
    A cadeira escorregou
    coitada da comadre
    foi parar no corredor.

     

    Batalhão
    Batalhão, lhão, lhão, quem não
    entrar é um bobão. Abacaxi, xi, xi
    quem não sai é um saci.
    Beterraba, aba, aba, quem errar é
    uma diaba. Borboleta, leta, leta,
    quem errar é uma capeta.

     

    Pedrinha
    Pisei na pedrinha,
    A pedrinha rolou
    Pisquei pro mocinho,
    Mocinho gostou
    Contei pra mamãe
    Mamãe nem ligou
    Contei pro papai,
    Chinelo cantou.

     

    Ler mais »
  • 5 parlendas

    Perna de pato
    Entrou pela perna do pato,
    Saiu pela perna do pinto.
    O rei mandou dizer
    Que quem quiser
    Que conte cinco:
    Um, dois, três, quatro, cinco

     

    Pinto pelado
    Pinto pelado
    Caiu do telhado,
    Perdeu uma perna,
    Ficou aleijado.

     

    Meio dia
    Meio dia,
    Panela no fogo,
    Barriga vazia.
    Macaco torrado,
    Que vem da Bahia,
    Fazendo careta,
    Pra dona Sofia.

     

    Papagaio louro
    Papagaio luoro
    Do bico dourado
    Leva essa cartinha
    Pro meu namorado
    Se tiver dormindo
    Bate na porta
    Se tiver acordado
    Deixe o recado.

     

    Trauz truz

    Quem é? 

    É o padeiro

    E o que quer?

    Dinheiro

    Pode entrar

    que eu vou buscar

    O seu dinheiro

    Lá em baixo do travesseiro

     

    Ler mais »
  • Cadê o toucinho que estava aqui?

    Cadê o toucinho que estava
    aqui?
    O Gato comeu
    Cadê o gato?
    No mato
    Cade o mato?
    O fogo queimou
    Cadê o fogo?
    A água apagou
    Cadê a água?
    O Boi bebeu
    Cadê o boi?
    Amassando o trigo
    Cadê o trigo?
    A galinha espalhou
    Cadê a galinha?
    Botando ovo
    Cadê o ovo?
    O padre bebeu
    Cadê o padre?
    Rezando missa
    Cadê a missa?
    Tá na capela
    Cadê a Capela?
    Ta aqui.........

    Ler mais »
  • 6 parlendas

    Um, dois, feijão com arroz,
    Três, quatro, feijão no prato,
    Cinco, seis, falar inglês,
    Sete, oito, comer biscoito,
    Nove, dez, comer pastéis.

     

    Era uma bruxa
    À meia-noite
    Em um castelo mal-assombrado
    com uma faca na mão
    Passando manteiga no pão

     

     O cochicho
    Quem cochicha,
    O rabo espicha,
    Come pão
    Com lagartixa

     

     Rei Capitão
    Rei, capitão,
    Soldado, ladrão.
    Moça bonita
    Do meu coração

     

     Botequim
    Fui ao botequim
    Tomar café.
    Encontrei um cachorrinho
    De rabinho em pé.
    Sai pra fora, cachorrinho,
    Que eu te dou um pontapé!

     

    Andando pelo caminho (conversa entre 2 amigos)
    - Fui andando pelo caminho. Éramos três,
    - Comigo quatro.
    - Subimos os três no morro,
    - Comigo quatro.
    - Encontramos três burros,
    - Comigo quatro.

     

    Ler mais »
  • Hoje é domingo

    -Hoje é domingo
    Pé de cachimbo
    Cachimbo é de barro
    Bate no jarro
    O jarro é de ouro
    Bate no touro
    O touro é valente
    Bate na gente
    A gente é fraco
    Cai no buraco
    O buraco é fundo
    Acabou-se o mundo.


    Ou


    Amanhã é domingo,
    Pé de cachimbo;
    Galo monteiro
    Pisou na areia
    A areia é fina
    Que deu no sino
    O sino é de prata
    Que deu na barata
    A barata é de ouro
    Que deu no besouro
    O besouro é valente
    Que deu no tenente
    O tenente é mofino
    Que deu no menino...

     

    Ler mais »
RSS